Mostra Tiradentes | SP tem estreia nacional e exibição de filmes premiados neste domingo

Um dos destaques da Mostra Tiradentes | SP neste domingo, 26 de março, será a primeira exibição, no Brasil, do filme “Intimidade Pública”, dirigido pela paulista Luciana Canton. A sessão tem início às 19h30. O filme trata de questões ligadas ao amor e a sexualidade nas esferas do público e privado a partir de temas urgentes e profundos como a homofobia, a prostituição, a transsexualidade e a loucura.

 Filmado sem recursos e sem roteiro, o filme já coleciona reconhecimento internacional. A produção arrebatou os prêmios Mérito no Lucerne International Film Festival 2016, em Lucerne, na Suíça; Melhor longa de ficção no Women Media Arts and Film Festival 2016, em Sidney, na Austrália; Menção especial no I Filmmaker Internationa Film Festival, em Marbella, na Espanha; Melhor Filme no IV Festival Internacional Dona i Cinema, em Valencia, na Espanha; e Menção especial do Júri no Manchester Film Festival, no Reino Unido.

 Três curtas marcam a Mostra Foco a partir das 15h: “Minha única terra é na lua”, de Sérgio Silva; “Vando Vulgo Vedita”, produção do Ceará, com direção de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus que, além de ter sido eleito o melhor curta da Mostra Foco pelo Júri da Crítica, ganhou o Prêmio Aquisição do Canal Brasil; e “Tempos de cão”, de Ronaldo Dimer e Victor Amaro. Já a Mostra Aurora contará com duas sessões: às 16h30, com “Um filme de cinema”, de Thiago B. Mendonça; e às 21h, com Subybaya, de Leo Pyrata. Haverá debate com o público após todas as exibições.

 Na segunda, 27 de março, as sessões têm início às 15h, com a Retrospectiva Helena Ignez e a exibição de "Ralé". Às 18h, dentro da Mostra Cinema em Reação, entra em cartaz "Terra e Luz", de Renné França. "Homem-Peixe", de Clarisse Alvarenga, será exibido na sequência, às 19h30. A última sessão do dia está marcada para as 21h, com a pré-estreia de "Corpo Delito", de Pedro Rocha, dentro da Mostra Aurora. Após a sessão, o diretor participa de uma conversa com o público mediada pelo curador Cleber Eduardo.

 As sessões terão ingressos a preços populares: R$ 3,50 para associados Sesc (portadores da credencial plena), R$ 6 (meia-entrada) e R$ 12 (inteira).